QUEM SOU

Olá!

Seja bem vindo (a)!

Obrigado pela sua visita.

Sou um auxiliar, um colaborador no processo de busca por uma melhor qualidade de vida das pessoas.

As terapias por si só não curam o homem. Mas, a cura sim, é conquistada a partir do momento que unimos os recursos oferecidos pelas terapias complementares a um dos principais e mais preciosos "combustíveis" que carregamos em nosso ser, que se chama vontade. Me refiro a vontade especificamente de mudar, de fazer diferente, de buscar novos caminhos capazes de nos conduzirem até a cura.

A fonte de todo processo curativo é acessada a partir do instante que olhamos para "dentro" de nós, indo de encontro ao nosso Eu.

Esse reencontro nos possibilita sentir o verdadeiro amor, a mais potente das forças de cura do Universo.

- Nossa trajetória

Tive sempre como sonho ser um profissional que pudesse ajudar, colaborar para que as pessoas pudessem conquistar a saúde e o bem-estar.

No ano de 2003 finalizei os estudos universitários. Foi na área das ciências biológicas, especificamente em farmácia, que dei meu primeiro passo, me especializando na área de manipulação de fórmulas, onde comecei utilizar os recursos medicamentosos para amenizar o sofrimento humano.

Passados alguns anos de atuação, com minha experiência diária, foi possível observar os resultados obtidos com o uso dos medicamentos convencionais. Clientes com quadros de depressão, ansiedade, transtornos mentais, síndromes do pânico, dores, patologias dermatológicas, entre outras, nos buscavam todos os dias. Nas mãos, carregavam esperançosos receituários médicos. Tinham apenas um único desejo: gostariam de se curar.

Seguindo técnicas específicas de manipulação e em ambiente apropriado, a formulação requisitada era preparada com muita responsabilidade e exatidão. O cliente então, iniciava o tratamento medicamentoso. Sinceros agradecimentos, sorrisos nos lábios e porque não dizer o “fim” do sofrimento, eram situações que presenciei com muita  frequência após alguns dias de uso da fórmula “milagrosa”, como assim nos relatavam. 

Mas com o passar dos dias e com o término dos medicamentos a sensação de felicidade até então experimentada, se transformava mais uma vez em frustração, e então, todos os sintomas desagradáveis retornavam.

Gostaria de deixar bem claro que jamais desvalorizei os benefícios que a terapia medicamentosa proporciona na melhora da saúde. Em muitos casos é imprescindível o uso dos medicamentos para se manter uma razoável qualidade de vida. Sem dizer os quadros de extrema urgência que necessitam de fármacos de ação imediata para salvar vidas.

Mas, acredito que uma melhor qualidade de vida poderá ser alcançada a partir do momento que unirmos os recursos da medicina tradicional às terapias complementares, principalmente aquelas terapias que oferecem recursos para que o homem realize um trabalho profundo de autoconhecimento.

Foi visualizando este cenário, que senti que poderia ir além e colaborar de forma mais ampla, apresentando as pessoas uma nova compreensão a respeito do porquê dos sofrimentos e das dores.  Proporcionando a partir de então, opções terapêuticas complementares que pudessem ir de encontro a causa das doenças, o que não é possível de ser atingindo com o uso dos medicamentos convencionais.

Hoje, muito se sabe que a grande maioria das doenças tem como origem a desarmonia de sentimentos, resultantes estes de uma somatória de pensamentos desequilibrados. É exatamente neste ponto que o trabalho se inicia, investigando, identificando e corrigindo padrões de comportamento que estão em desalinho com nossa proposta de vida

É preciso ampliar a visão, expandir a consciência, mergulhar e vasculhar o  "mundo" interno talvez até o momento inexplorado por muitos.

Estou a disposição para lhe ajudar nesta viagem.

E lembre-se: SIM! É possível ser feliz!

Grande abraço!

André Luiz Zanoli.